2 de fevereiro de 2014

Fotografia: Férias!


As minhas férias passaram como num piscar de olhos, amanhã já é dia de retomar a rotina novamente e apesar de eu não mudar de escola sinto que esse ano vai ser bem diferente. Sabe quando você sente que tem muita coisa por vir? Pois então, eu estou sentindo isso. Esse é o ano em que vai depender de uma decisão minha pra tudo mudar, total e completamente, e mesmo sabendo disso eu estou disposta a viver cada instaste como se fosse o último. Também sei que esse ano me reserva muitas outras coisas, a começar por uma nova etapa na minha vida, o meu primeiro ano no ensino médio começa amanhã e já tenho em mente que eu não vou ter muito tempo pra nada, estou pensando em fazer um curso técnico a noite, tenho que ver se vou continuar com as minhas aulas de inglês a tarde, tenho que estudar de manhã e pra piorar a escola ainda está vendo se eles vão mesmo aumentar mais um horário, ou seja talvez eu terei que estudar seis horários, fora isso eu tenho meus deveres escolares, tenho que ajudar em casa, tenho que cuidar do blog e tenho que achar um tempo pra mim, não sei se vou conseguir dar conta de tudo, mas não estou pensando em desistir, e é com esse pensamento que me despeço das férias, dos meus dias de dormir tarde e acordar tarde, de ficar horas atoa, dos momentos, da calma e do descanso e desejo boas vindas ao que está por vir... Mas como ainda não sai desse clima de férias venho mostrar pra vocês um pouquinho de como foram as minhas!



E vocês, já se despediram das férias? É uma pena, mas é necessário. Enfim, como foram as férias de vocês? Gostaram das fotos?  Me contem!

30 de janeiro de 2014

Eu li: O Morro dos Ventos Uivantes!



Li este livro já faz muito tempo e confesso que fiquei interessada por que ele era citado em vários livros que eu lia e dessa forma acabei ficando curiosa pra conhecer essa obra que é um dos clássicos da literatura inglesa. Por acaso acabei encontrando ele na biblioteca da minha escola e claro que não perdi tempo, demorei bastante pra terminar o livro porque tive um pouco de dificuldade pra fazer a leitura por causa da linguagem usada que é muito coloquial, mas mesmo assim não desisti e por fim acabou valendo a pena, pois posso dizer que esse é um dos romances mais surpreendentes que eu já li.


Sinopse

No início da trama, o patriarca da família Earnshaw resolve fazer uma viagem e traz consigo um pequeno órfão, que todos acham ser um cigano, porém sua procedência não é revelada em hora alguma da narrativa, ao qual denominam Heathcliff. Toda a afeição que o pai logo demonstra pelo menino enciúma seu filho legítimo, Hindley, que acha que está perdendo a afeição do pai para o menino. Sua irmã, Catherine se apaixona por Heathcliff.
Quando o Sr. e a Sra. Earnshaw morrem, Hindley sujeita Heathcliff a várias humilhações. Este passa a ficar bruto e melancólico. Apesar do amor entre ele e Catherine, ela decide casar com Edgar Linton, por esse ter melhores condições de sustentá-la que Heathcliff.
Heathcliff sai do Morro dos Ventos Uivantes e, quando volta, está rico, chamando a atenção de Catherine e despertando ciúmes em seu marido. Catarina tem uma filha de Edgar e morre logo em seguida. Heathcliff resolve se vingar de Edgar e de Hindley.
Primeiro se casa com Isabel, irmã de Edgar. Logo após, Isabel se lamenta de ter casado com Heathcliff, abandona-o e tem um filho chamado Linton, enquanto está longe de seu marido. Hindley cai no vício do jogo e da bebida e perde todos os seus bens para ele. Hareton, filho de Hindley, consequentemente, fica sem herança - mas apesar disso, considera Heathcliff uma pessoa de alta moral, não permitindo que se fale mal de sua pessoa. Antes da morte de Edgar, Heathcliff casa Linton e Cathy a filha de Catherine Edgar. Cathy descobre-se sem bens, quando seu marido Linton morre e Heathcliff apresenta um testamento onde seu filho lhe passava tudo quanto possuía. Pensando já ter se vingado, percebe nos últimos descendentes das casas da Granja da Cruz dos Tordos e do Morro dos Ventos Uivantes o olhar de seus antepassados e a paixão entre os dois, morrendo só em sua loucura e solidão. Como último desejo é enterrado junto com Catherine, seu grande amor. Deste dia em diante muitos juram ver sempre um casal vagando pelas charnecas do Morro.


Sobre 
Autora: Emily Brontë
Número de páginas: 200
Editora: Lua de Papel


O que eu achei

Diferente de alguns romances esse mostra não só o lado bom, mas também o ruim do amor. O foco principal dele é a paixão entre HeathCliff e Catherine, que apesar de ser devastadora se torna cada vez mais impossível depois do casamento de Cathy com um jovem rico chamado Edgar. Narrado em sua maior parte por Nelly, criada da casa que viu tudo acontecer, o livro mostra cada detalhe sobre O Morro dos Ventos Uivantes e a Granja Thrushcross tornando-o intenso e cativante. No decorrer dele os fatos vão acontecendo de uma forma totalmente oposta ao que você imagina, tornando a história imprevisível, o que te faz surpreender bastante com o final!

E aí, algum de vocês já leu esse livro?